Sem dúvida todos nós homens já tivemos a experiência de nos masturbar, isso é comum, principalmente quando estamos na adolescência que é a época que começamos adotar a prática da masturbação.

Assim que entramos na adolescência, aprendemos que masturbação é algo natural, comum e que devemos praticar. A grande mídia, médicos e até mesmo alguns psicólogos recomendam que você tenha essa prática.

Só que eles não falam o quão mau e prejudicial pode ser a masturbação para quem à pratica.

Por isso decidi escrever esse artigo, para lhe falar tudo sobre a masturbação e alguns problemas que você poderá ou até mesma já esteja por conta disso.

OBS: No Final Do Artigo Terá Um Vídeo Explicativo Sobre a Masturbação!

Antes de mais nada, vamos entender como surgiu a masturbação.

A Masturbação

A masturbação existe a muito tempo, isso vem desde a época dos homens das cavernas.

Naquela época era muito difícil sobrar tempo para ter uma relação sexual, afinal eles saiam para caçar coisas e garantir a sobrevivência. E por esse motivo, sempre que eles tinham uma oportunidade de fazer sexo, eles aproveitavam sem nem pensar duas vezes, afinal é o que garante a reprodução da nossa espécie.

E por conta dessa dificuldade de fazer sexo, ao longo do tempo foi descoberto que nosso DNA está procurando sobretudo por 2 coisas: Sobrevivência e Reprodução.

De acordo com tudo isso, é inegavelmente a relação sexual é a segunda coisa mais importante para nós. Atrás somente da sobrevivência.

Evolução


Com o tempo a tecnologia começou a evoluir, isso foi ótimo para diversas coisas, mas se o assunto for masturbação, só foi prejudicial.

Começaram a lançar aquelas revistas eróticas de nudez é provável seus avós tinham, dependendo da sua idade, até seus pais teve e sempre deixavam escondido para que ninguém saiba.

Algumas pessoas compartilhavam com amigos muito próximos e com irmãos.

Era um difícil de conseguir esses materiais pornográficos naquela época, talvez era até mais fácil conseguir sexo real. Por isso eram compartilhadas as revistas.

Depois a tecnologia continuou avançado e surgiu os conteúdos em vídeos (VHS/DVD) que facilitou muito o acesso aos conteúdos pornográficos.

Por outro lado as cenas de filmes e novelas começaram a ficar mais eróticas, estimulando o seu desejo por sexo.

Enfim chegou a era da internet, onde foi criada uma indústria enorme que vem fazendo milhões de homens refém de seus conteúdos.

A Indústria Pornográfica


Um artigo feito em 2017 pelo jornal O Globo, mostra que a indústria pornográfica faturou mais de 15 Bilhões de dólares por ano. Estamos em 2019 e provavelmente esse número já cresceu.

Com essa indústria começou a surgir diversos sites pornográficos como Redtube, Xvideos, PornHub e milhares de outros sites de conteúdos gratuitos, com cenas bizarras e estranhas.

O motivo de ser gratuito, é que muitas pessoas ainda não perceberam o potencial viciante da pornografia, ou seja, é fácil essa indústria fazer uma pessoa refém de seus materiais sem nem precisar ter contato com ela.

Eles criam os conteúdos e a própria pessoa se toca até o momento que sentem o pico máximo de excitação e pronto está satisfeito.

A princípio, diminuindo cada vez mais seu desejo por sexo real, afinal você sozinho pode sentir o prazer e a satisfação sexual.

E só para deixar claro, de fato esse é o prazer mais forte que podemos sentir!

A grande maioria dos homens só percebem o quanto está sendo prejudicado, depois que está pelado na frente de uma mina muito gostosa e acaba broxando.

Posteriormente vão no urologista, fazem exames e por fim descobre que não tem nada. O maior problema é interno, na sua cabeça.

Seu cérebro foi prejudicado por causa de cenas bizarras e irreais que a pornografia mostra. Cenas de milfs, anões, sexo em locais públicos e daí pra pior…

Chega na hora de ter uma relação sexual e você fica louco, afinal o anão não está lá, você não está em um local público, não é sua irmã que você está comendo. VOCÊ PERCEBE QUE É TOTALMENTE DIFERENTE DO QUE MOSTRA A PORNOGRAFIA!

E então não sente prazer, afinal seu cérebro foi alterado para coisa surreais.

O Desejo


O desejo sexual aparece por conta de uma substância chamada dopamina. A dopamina regula o núcleo da parte mais primitiva do cérebro – o circuito de recompensa.

É graças a ele que podemos experimentar prazer, uma vez que estimulado. Mas também podemos desenvolver vícios.

O sistema de recompensa te ordena a fazer tudo aquilo que garanta sua sobrevivência e a transmissão dos seus genes adiante.

Acima de tudo, no topo da lista de recompensas dos humanos estão comida, sexo, amor, amizade e fantasias diversas. Estas recompensas são chamadas de reforços naturais, que são o oposto das drogas viciantes.

O propósito evolucionário da dopamina é te motivar a fazer o que seus genes querem que você faça.

Quanto maior a descarga de dopamina, mais você desejará algo; sem ela, você simplesmente o ignora.

Para chocolates, pudim, sorvetes e doces em geral há uma grande liberação de dopamina no nosso corpo. Já para alimentos como couve, berinjela… nem tanto.

O sexo e o orgasmo é o que naturalmente libera maiores descargas de dopamina para seu circuito de recompensa. Um dos apelidos da dopamina é a “molécula do vício”.

Essa liberação de dopamina é o que causa seu vício. E só para lembrar o que foi falado anteriormente, o orgasmo é o prazer mais forte que podemos sentir.

A Prática

Primeiramente você abre o site e começa assistir um vídeo, depois você abre outro, logo após isso você abre mais um e quando vai ver já tem umas 10 abas abertas no modo anônimo.

Todas essas abas com um tipo de pornografia diferente, como falamos antes, pornografias com cenas estranhas com toda a certeza.

Por exemplo: um vídeo de Milf (filho fazendo sexo com a mãe), outro em local público (metrô, rodovias, praças públicas), fazendo sexo escondido de alguém que está no quarto da frente ou atrás da parede.

Tem vídeos tão bizarros que a atriz entra no banheiro e tem um buraco na parede com um pinto. (Em outras palavras, chega ser engraçado de tão bizarro hahaha).

O motivo de você abrir tantas abas, é que você procura diversos estímulos diferentes para seu sistema de recompensa. Isso é a mesma coisa que ficar trocando de parceira sexual por outra nova.

Em menos de 15 minutos você pode ter diversos estímulos com vídeos bizarros, coisas que nosso ancestrais jamais conseguiriam.

E o que o cérebro faz quando se vê em um número ilimitado de estímulos, visto que é uma quantidade incapaz de suportar? O cérebro se adapta, o que pode levar ao vício.

Os Efeitos da Masturbação

Depois de entender tudo isso, você precisa agora saber os efeitos causados na sua vida por conta da masturbação.

É provável que você se veja em algumas dessas situações que será citadas posteriormente.

E descobrindo o problema, certamente é mais fácil encontrar a solução.

Relacionamentos


Se você está tendo problemas no seu relacionamento pode ter certeza que a masturbação pode ser o causador desse conflito. Talvez não seja você o viciado, mas pode ser a sua companheira que tem esse vicio e isso está afetando o relacionamento.

Muitos casamentos hoje em dia acabam por esse motivo, um dos dois está frequentemente assistindo pornografia e se masturbando, sendo assim, perdendo o interesse pelo sexo real e deixando a parceira(o) com dúvidas se você está fazendo sexo com outra pessoa ou perdeu o interesse nela(e).

Esse casal vive um inferno dentro de casa, não existe mais afeto e carinho e sobretudo eles nem sabem o principal motivo disso. Que certamente é o vicio pela pornografia e masturbação.

Em conclusão, grande parte dos divorcio hoje em dia são causados por esse motivo, espero que você não esteja nessa situação, mas se tiver você certamente sabe a solução.

Fobia Social

Eventualmente é comum ver um grande número de pessoas tímidas e este número está aumentando cada vez mais. A princípio pessoas sem habilidades sociais e que não fazem a mínima ideia de como falar com um estranho na rua.

Ao passo que, quando eles precisam pedir alguma informação, eles se sentem nervosos e não sabem como perguntar, com medo de algo ruim acontecer. E obviamente isso é coisas da cabeça, a masturbação que está causando isso.

Homens não chegam mais em mulheres, enfim, eles não precisam mais delas, afinal podem sentir prazer sozinhos.

Em resumo até mesmo com pessoas próximas, como familiares é perdido a conexão. Tudo que essa pessoa mais quer é fechar a porta do quarto abrir um site pornô e sentir o prazer.

Disfunção Erétil

O cara conhece uma garota superlegal, a mulher que faz ele ter excelentes momentos juntos com ela, experiencias incríveis. Chega a hora de fazer o sexo e inesperadamente o pênis não sobe. Em resumo o cara broxa!

Contudo no momento ele se sente totalmente frustrado e não entende o real motivo disso estar acontecendo. E mais uma vez a culpa é de quem? Do maldito vício de se masturbar!

Ele se sente envergonhado a mulher também não consegue entender o porque disso está acontecendo, ela começa achar que o problema é com ela.

Semelhantemente ao cara, ela começa a julgar ela mesma, achando que tem algo de errado com ela.

E simplesmente tudo vai por água abaixo, todos os momentos são esquecidos naquela hora. Sem contar que você fez ela se sentir mal e certamente ela vai ficar o dia inteiro, talvez até semanas pensando no que tem errado com ela.

E o pior de tudo sabe o que é? Foi você o criador desse sentimento ruim que ela está sentindo.

Ansiedade de Aproximação (AA)

Antes de mais nada, digamos que você é um cara social, consegue falar com estranhos tranquilamente. Mas agora você começou a prática da masturbação.

Você continua conseguindo falar com estranhos, mas agora já não consegue chegar nas mulheres que você acha atraente.

Assim que você vê a mulher na sua frente tem vontade de ir falar com ela, mas começa a ficar ansioso, o corpo começa a tremer, você sente seu estomago queimar, seu coração acelera, você soa frio…

Você fica morrendo de medo de ir falar com ela, todavia você está muito desconfortável e provavelmente se fosse falar com ela irá gaguejar e ela perceberá o quão nervoso você está.

Se você acompanha os conteúdos do blog eventualmente, sabe muito bem que sua sub-comunicação na frente de uma mulher é o que vai definir para ela o quão atraente você é e o valor que você tem.

Enfim, se você sempre se sente ansioso quando vai falar com uma mulher atraente, esse pode ser o seu problema.

Além disso a masturbação ainda pode trazer vários outros malefícios como:
Perda de interesse pela parceira (o).
Perda de interesse por relações sexuais reais.
Ejaculação Precoce.
Ejaculação Retardada.
Perda de sensibilidade no pênis
Perda da sensibilidade na vagina
Confusão mental e perda de memória.
Procrastinação.
Perda da motivação e da força de vontade.
Sentimentos constantes de Vergonha e de Culpa.
Depressão induzida pelo vício.
Pensamentos suicidas induzidos pelo vício.
Baixa auto-estima.
Confusão com a orientação sexual.
Compulsão sexual.
Desenvolvimento de psicopatias sexuais.
Voz fraca e falta de energia.
Sintomas agudos de abstinência.
Perda de atratividade sexual.

O Novo Começo


Enfim, eu passei horas pesquisando e estudando diversos conteúdos sobre isso, fui em sites internacionais, procurei por diversos materiais de especialistas para poder escrever esse artigo para você.

Entretanto eu quero que você me retribua de uma forma, parando de se masturbar! Você não perdeu horas lendo este artigo para não fazer nada não é mesmo?

Eu sei que é difícil parar se isso já se tornou um vício para você, mas eu peço para que você tenha calma.

A princípio eu vou deixar um desafio aqui para você, isso certamente irá facilitar seu rumo.

Enfim o desafio se baseia em ajudar a você sair aos poucos desse vício. Então vamos lá!

Se você é um cara que se masturba todos os dias, fique 3 dias sem se masturbar. No quarto dia você pode se masturbar apenas 1 vez.

Em seguida eu quero que você fique os próximos 7 dias sem se masturbar, no oitavo dia você pode se masturbar uma única vez também.

Posteriormente, logo após cumprir essas tarefas você vai ficar 20 dias, SIM CARA, 20 dias Sem Bater Punheta!

Lembrando que você NÃO PODE ver pornografia também. Quando for se masturbar nesses dias que você está liberado, desligue sua internet e se masturbe sem assistir pornografia. É importante que você siga esse passo.

Caso você fracasse vá com calma. Volte aqui e leia esse artigo novamente, assim seu cérebro irá reforça a crença do quão prejudicial é a masturbação e todos os malefícios que você não quer ter.

Tenha um amigo

Você provavelmente tem um amigo próximo. Apresente esse artigo para ele e motive ele a seguir o mesmo caminho que você.

Sempre que o vício te perturbar e fazer você sentir vontade, mande uma mensagem para seu amigo pendido para ele te motivar.

O papel dele é lembrar você o quão ruim isso será, o quão arrependido você vai ficar, e todos os efeitos que você sentirá, efeitos que foram citados acima no artigo. E ele também tem que mandar um desafio para você, algo como 15 flexões ou qualquer coisa que faça você gastar um pouco de energia e distrair sua mente.

Boa sorte no seu processo, qualquer dúvida deixe um comentário abaixo.

Assista o Vídeo Explicativo Para Reforçar a Crença Do Mau Que Faz Se Masturbar:



Fonte: machodevalor.com
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense