Foi deflagrada nesta quinta-feira, 04 de abril, a operação “Pecado da Carne”, uma ação da equipe Coruja, da Delegacia de Polícia Civil de Itacoatiara, sob o comando do Delegado Lázaro Mendes, juntamente com fiscais da ADAF (Agência de Defesa Ambiental e Florestal) e FVS (Fundação de Vigilância Sanitária).  

A operação percorreu as Vilas de Lindoia, Engenho e Novo Remanso, bem como o Paraná da Eva, localidades da zona rural de Itacoatiara, visando coibir o abate irregular de gado e a consequente venda de carne clandestina.

Na Vila de Novo Remanso,as autoridades identificaram e autuaram um açougue que vendia carne clandestina, sendo que o proprietário irá responder criminalmente. Meia tonelada de carne bovina foi apreendida e descartada, tendo em vista a constatação de que estava inapropriada para o consumo humano, não servindo sequer para doação.

A operação “Pecado da Carne” também teve caráter educativo, alertando produtores, comerciantes e a população em geral quanto aos perigos da carne clandestina, que pode transmitir diversas doenças, como: tuberculose, verminoses, brucelose, toxoplasmose, entre outras, que podem até levar à morte.

Então fica o alerta: vender carne clandestina é  um pecado, um crime e um atentado à saúde pública. Denúncias podem ser feitas à FVS pelo telefone 3182-8550.



Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense