Emoldurados pela Praça Dom Pedro II, no Centro Histórico de Manaus, o grupo de teatro Clowns de Shakespeare promoverá nesta sexta-feira, 5/4, às 17h, o experimento cênico “9:34 – Futuro do Pretérito”. A apresentação mostrará, na prática, o resultado do Laboratório Prática e Pensamento, projeto contemplado pelo edital Conexões Culturais 2017, da Prefeitura de Manaus, e desenvolvido pelo grupo de forma inédita na região Norte do país.

O grupo de Teatro Clowns de Shakespeare foi fundado em Natal, Rio Grande do Norte em 1993 e, desde então, vem desenvolvendo uma investigação com foco na construção da presença cênica do ator, a musicalidade da cena e do corpo, teatro popular e comédia, sempre sob uma perspectiva colaborativa. Mesmo sem trabalhar diretamente com palhaço, a técnica do clown está presente na sua estética, seja na lógica subvertida do mundo, seja na relação direta e verdadeira com a plateia, seja no lirismo que compõe o universo desses seres. Além, é claro, de toda a sua carga cômica.

Em Manaus, o projeto foi proposto pela produtora cultural Gisa Almeida, e, desde o dia 23 de março, 15 artistas estão participando do laboratório em tempo integral.

Nesta sexta-feira, a concentração será no Coreto da Praça Dom Pedro II, em frente ao Museu da Cidade, localizado no histórico prédio do Paço da Liberdade.

Sinopse

Às 09:34, o público é convidado a percorrer um trajeto pela área central da cidade, perdendo-se entre a Manaus de 834 e a Manaus de 2265. Esse passeio no tempo é uma intervenção cênica resultante do Laboratório Prática e Pensamento – Manaus 2019, intercâmbio ministrado pelo grupo potiguar Clowns de Shakespeare com artistas de Manaus.

SERVIÇO

O quê: Experimento Cênico – 9:34 – Futuro do Pretérito

Quando: Nesta sexta-feira, 5/4

Horário: 17h

Onde: Concentração no coreto em frente ao Paço da Liberdade (Praça Dom Pedro II) Gratuito.

Texto: Mônica Figueiredo/Manauscult

Fotos: Leonardo Leão/Manauscult

Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense