Um homem de 20 anos foi preso em Manaus suspeito de participar do assassinato do motorista de aplicativo Isac de Oliveira Ferreira, de 25 anos, em setembro de 2018. Segundo a Polícia Civil, Felipe e a vítima teriam discutido por ciúmes de uma mulher com quem ambos namoraram.

O homicídio ocorreu na madrugada do dia 8 de setembro. De acordo com investigações realizadas pela polícia, Isac teria passado a noite bebendo com amigos em um posto de gasolina, no bairro da Paz, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Às 5h da manhã, o grupo decidiu ir até um balneário localizado no ramal do Pau Rosa, que fica no quilômetro 21 da rodovia federal BR-174.

Além da vítima - que conduzia o veículo Palio de cor vermelha -, estavam Felipe e um homem identificado como “Toinho”, também suspeito de participar do crime. Um terceiro homem estava no carro, mas a polícia descartou o envolvimento dele no homicídio.

“Na volta para Manaus, o grupo brigou dentro do carro, pois a namorada do 'Toinho' já havia tido um relacionamento com a namorada dele. A vítima parou o carro na estrada para urinar e ‘Toinho’, que estava com uma garrafa de vodka na mão, quebrou ela na cabeça da vítima. Em seguida, ele o cortou várias vezes com a garrafa”, disse o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins.

Segundo as investigações, Felipe também teria participado do espancamento. De acordo com o Departamento de Perícia Técnico Científica da Polícia Civil, a vítima foi atingida por golpes de gargalos de garrafa e pauladas nas costas e na cabeça.

Após o crime, o bando fugiu no carro da vítima. Entretanto, o veículo teve uma pane de combustível e foi abandonado na rodovia pelos homens que tiveram que fugir a pé.

O corpo foi encontrado no fim da tarde de domingo (8) por duas crianças que passaram pelo ramal para pescar em um igarapé.

Felipe foi preso atendendo a um mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da primeira Vara do Tribunal do Júri, Eline Paixão. Ele foi encontrado casa onde morava, na rua Flor de Pluma no bairro da Paz.

O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado. Ele será levado até o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), na rodovia BR-174.
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense