Um homem de 37 anos foi preso suspeito de ter participado da morte de um pedreiro, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus, no início do ano. Segundo a polícia, ele teria segurado a vítima para que outro homem o esfaqueasse. O suspeito de ter esfaqueado a vítima segue foragido.

De acordo com o delegado Paulo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o caso aconteceu no dia 17 de janeiro. Na ocasião, a vítima ingeria bebidas alcoólicas com Weldson de Soares Silva e outro suspeito, quando o grupo teve um desentendimento.

“Um dia antes, o suspeito que está foragido teria chamado a mulher da vítima para usar drogas com ele. A vítima presenciou o convite. No dia seguinte, eles estavam bebendo em uma casa e começaram uma discussão por causa do convite”, disse o delegado.

Martins comentou ainda que o suspeito saiu do local, foi até a casa dele e pegou uma faca. Ele retornou para a casa em que a vítima estava e cometeu o crime.

"Ele dá uma rasteira na vítima e o segura para que o outro o esfaqueasse. Desde o dia do crime, iniciamos as investigações e conseguimos chegar até ele. O prendemos no dia 21 de fevereiro pela participação no crime", comentou Martins.

O homem que teria atingido a vítima com a faca ainda não foi localizado pela polícia. A DEHS segue a investigação em torno do caso para localizar e prender o suspeito.
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense