Dupla é presa por matar homem a pauladas após vítima se negar a dividir drogas



Jeová Shallom de Souza Veiga, de 19 anos, o “Jhon”, e Luciano Leon Santos de Oliveira, também de 19, foram presos pela polícia apontados como autores do homicídio do ajudante de pedreiro Antônio Castello Soares, de 50 anos, o “Faz Tudo”, morto a pauladas de perna-manca no dia 27 de janeiro deste ano em Manaus.

Os dois, Jeová e Luciano, foram apresentados na manhã de hoje (5) à imprensa na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O delegado Denis Pinho, adjunto da DEHS, afirmou que o motivo do crime foi o consumo de drogas.

Segundo a autoridade policial, Jeová e Luciano haviam vendido porções de drogas para a vítima e pediram para consumir os entorpecentes com junto com ela. Após Antônio recusar a oferta, ele foi agredido com um pedaço de madeira perna-manca.

Após ser agredido, Antônio foi abandonado. Depois, ele foi encontrado por familiares e levado extremamente machucado para um hospital da cidade, onde acabou morrendo no dia seguinte.

Após investigações, Jeová e Luciano acabaram presos. Eles foram indiciados por homicídio qualificado e serão encaminhados para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da rodovia federal BR-174.

A critica
Postagem Anterior Próxima Postagem