Um jovem de 18 anos sobreviveu a um grave acidente automobilístico na cidade de Colinas do Tocantins (TO). O homem ainda passou três dias preso às ferragens do carro, que caiu em uma ribanceira de 100 metros no último sábado (27). Mateus Lopes Siqueira conseguiu se soltar na manhã de quarta-feira (31) depois de passar o período ao lado de outras duas pessoas que morreram no local




Ao UOL, o Corpo de Bombeiros da cidade informou que o acidente aconteceu na rodovia TO-335, sentido Conceição do Araguaia (PA). Mesmo desidratado e machucado, o rapaz conseguiu se soltar das ferragens para acessar a rodovia

Populares chamaram por socorro ao avistarem Mateus tentando subir a ribanceira. "Ele estava desnutrido, desorientado, com ferimentos na face e fraturas no braço", informou a corporação. "As outras duas vítimas estavam sem sinais vitais, presos às ferragens, com fraturas pelo corpo e em estado de decomposição." 

Os corpos foram identificados como Jonathan Lima Dourado, 20, e Elismar Brasilio de Siqueira, 40. Dentro do carro foi encontrada uma arma de fogo. Consciente, Siqueira foi levado para o Hospital Municipal de Colinas, enquanto os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína. 

Os Bombeiros já haviam sido acionados no domingo, um dia depois do acidente. Como a pessoa responsável pela ligação não estava na cidade de Colinas do Tocantins, os oficiais acreditaram se tratar de um trote.
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense