Fonte: Redes Sociais/SISPEAM

Campanha dos servidores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) teve mais um passo na última quinta-feira (23/11) com reunião conseguida pelo SISPEAM (Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais) que estavam representados pelo Presidente do SISPEAM, Riad Ballut e o Diretor do SISPEAM, Helio Braz com a presença do Secretário Sidney Leite (Casa Civil), da Secretária Angela Bulbol (SEAD), do Dr. Cleinaldo Costa (UEA) e técnicos da SEFAZ.

Durante a reunião o Reitor da UEA disse que a Universidade está planejada financeira e administrativamente para realizar já em dezembro deste ano o: enquadramento dos técnicos, promoção de técnicos e professores, gratificação de produtividade dos professores e ainda, o retorno do ticket alimentação aos técnicos e professores da Universidade.

Fonte: Redes Sociais/SISPEAM

O Presidente do SISPEAM disse: "as reivindicações dos servidores da UEA já aguardam a mais de seis (6) anos pelo Enquadramento dos quadros permanente e suplementar, mais de dois (2) anos pelas promoções de técnicos e professores, desde maio de 2017 não se paga a gratificação de produtividade de um grupo de professores e ainda na gestão do Prof. Melo foi retirado o ticket alimentação dos servidores do estado e na UEA não foi diferente, deixando alguns privilegiados e já passou do prazo do estado mudar isso."

Fonte: Redes Sociais/SISPEAM

O Presidente disse ainda: "os servidores da UEA estão em campanha para realizar o enquadramento deles, chamada “Assina NEGÃO” que deseja que o governador Amazonino Mendes assine os decretos de enquadramento considerando o tempo de serviço destes servidores, que já tem mais de 30 anos de serviço público e ainda estão enquadrados como se estivessem ingressando agora no estado, o que é um absurdo total."





Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense