O Corpo de Bombeiros retomou na manhã desta segunda-feira (16), as buscas pelo músico e empresário Michael Lacerda, que desapareceu na tarde desse domingo (15), durante passeio em lancha com amigos no Rio Negro, em área da Manaus Moderna. Muitos amigos, familiares e conhecidos se manifestaram nas redes sociais sobre o caso.

A assessoria de comunicação da corporação informou que a equipe é composta por três mergulhadores. As atividades estão sendo realizadas por meio de uma lancha. 

O sargento do Corpo de Bombeiros, Idney Azevedo, contou que a esperança da equipe é que o corpo do rapaz apareça entre o prazo de 84 horas. "A primeira dificuldade que encontramos é sobre a profundidade do rio, além da correnteza intensa no local. Vamos utilizar uma barra de ferro com vários anzóis. Vamos arrastar isso no terreno. Esperamos conseguir resgatar o corpo do cantor. A partir de amanhã, já entramos em um prazo de 48 horas, se não encontramos. Até 84 horas, existe esperança do corpo submergir", completou.


A Marinha do Brasil também informou que está realizando buscas pelo cantor e empresário no Rio Negro. Dois mergulhadores do Comando Flotilha da Amazônia estão executando as atividades no local com o auxílio de uma lancha da Capitania Fluvial da Amazônia.

Michael participou no sábado (14), do casamento de um casal de amigos e foi padrinho da união. O passeio da tarde de ontem ainda fazia parte das comemorações do enlace. Mais de 60 pessoas estavam no barco para conhecer alguns pontos turísticos da capital, como uma aldeia de índios, fato que foi mostrado pelo cantor nas redes sociais.

ENTENDA O CASO

Michael Lacerda Mazmanian, de 34 anos, desapareceu, na tarde deste domingo (15), após cair de uma embarcação, durante passeio em lancha com amigos no Rio Negro, em área da Manaus Moderna, Centro da capital. As informações foram confirmadas pela assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros.

Conforme os Bombeiros, a equipe de resgate foi acionada por volta das 15h. A Marinha informou que uma lancha com militares da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e realizam as buscas com o apoio do Batalhão de Policiamento Ambiental do Amazonas.

Um amigo da família, advogado de 36 anos, que não quis ter o nome revelado, informou que o acidente foi por volta das 14h30, próximo a Manaus Moderna. Michael e alguns amigos participaram de um passeio turístico, que fez parte da programação de um casamento, ocorrido no fim de semana. O cantor era padrinho dos noivos e os acompanhou no passeio. O grupo partiu por volta das 9h da manhã, no porto da Manaus Moderna. “Ele estava muito feliz porque tinha sido padrinho de casamento pela primeira vez. Visitou com os noivos muitas atrações que faziam parte do passeio”, disse.

Ainda segundo o amigo, o grupo de amigos voltava em uma lancha, quando pararam em um posto de combustíveis no meio do rio. Ele comentou que Michael pulou da embarcação. “Quando ele mergulhou, o piloto da lancha deu ré e ele bateu a cabeça. Depois disso, ele sumiu”, contou.

De acordo com o capitão Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiros, devido a grande profundidade do local, entre 40 e 45 metros e correntezas, o trabalho de busca foi dificultado, sendo realizado hoje atividades em superfície e pelas margens.

“Fizemos apenas buscas superficiais. O pai da vítima foi ao local, porém não conseguimos coletar mais informações, devi do ao estado emocional dele. ”As buscas ocorreram até as 18h e devem ser retomadas a partir das 7h40 desta segunda-feira (16).
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense