O futebol amazonense vai ser destaque novamente neste sábado (16), mas com um detalhe: fora do campo e longe do clima esfuziante de um estádio. Desta vez, os craques da bola, dirigentes e o público em geral vão participar do 3º Simpósio sobre o Futebol de Base do Amazonas. O encontro que vai reunir três palestrantes dos principais clubes do país inicia às 8h, no auditório da universidade Uninorte, na Avenida Joaquim Nabuco, Centro.

Fotos: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Criado com a intenção de alavancar a base do futebol local, o evento que recebe apoio do Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), terá como palestrantes o coordenador da categoria de base do São Paulo, Pedro Smania; o fisioterapeuta do São Bernardo-SP, Leandro Dias, e o advogado desportista em Santa Catarina, Eduardo Luz.

De acordo com o organizador do simpósio, Mozart Carlos, o objetivo do terceiro encontro é promover mais conhecimento, experiência e contribuir para as áreas administrativas, jurídica e de lesões do esporte.

“Estamos trazendo o Eduardo Luz, que é um advogado esportivo do Avaí, Inter, já prestou serviço para grandes clubes e vai falar sobre contratos, direito esportivo na base e outros assuntos. Também teremos o Leandro Dias, fisioterapeuta do São Bernardo, que vai falar sobre a prevenção de lesões e os cuidados que os treinados e preparados precisam ter”, comentou o organizador, dando destaque para o gestor da base do Tricolor Paulista.

“E o nosso grande palestrante é o Pedro Smania, diretor de base do São Paulo. Todos nós sabemos que o São Paulo tem uma das maiores bases do mundo e ele vai contribuir muito para o crescimento do nosso futebol. Então esse ano são três vertentes”, frisou Mozart.

O encontro que tem previsão para durar pouco mais de quatro horas, faz o organizador crer num profissionalismo e melhora para o futebol local.

“O objetivo do simpósio é simples: fomentar o futebol amazonense. Eu, como profissional de educação física, entendo que temos que profissionalizar a base do nosso futebol. Precisamos profissionalizar os gestores, transformar os cartolas em gestores e profissionalizar a base. Profissionalizando a base nós vamos preparar o futuro atleta para que ele venha ser profissional, e  não seja só um chutador de bola”, finalizou.

A base não pode ser esquecida

Responsável pela prevenção e recuperação na base, o fisioterapeuta do São Bernardo-SP, Leandro Dias, aposta em um trabalho de qualidade nas categorias inferiores para o crescimento do clube.

“É importante difundirmos nossos trabalhos, principalmente de pesquisa que temos feito no São Bernardo. Damos uma atenção especial aos jogadores jovens porque sabemos que um trabalho bem feito trará frutos importantes para o clube”, disse o fisioterapeuta.

Inscrição

A expectativa dos organizadores é reunir mais de 160 participantes. As inscrições podem ser efetuadas através do e-mail marcas.assessoria@hotmail.com ou pelo telefone de contato 99279-0220.

Post a Comment