Duas mulheres, de 21 e 24 anos, foram presas suspeitas de integrar uma quadrilha especializadas em furto a residências na Zona Norte de Manaus. A dupla atuava no bairro Cidade Nova e segundo a polícia, após os furtos, elas publicavam fotos em redes sociais com os objetos furtados. Em uma das ações, o cachorro de uma família também foi levado. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (20).

O titular do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Jeff Mac Donand, explicou que as investigações iniciaram em janeiro deste ano, quando as suspeitas Ádria Marinho Martins e Fabrícia Correia Fontenele furtaram uma quitinete no bairro Cidade Nova.

"Nós iniciamos as investigações após um furto em uma quitinete onde elas [suspeitas] levaram até mesmo um cachorro. E nós constatamos que o carro que elas utilizavam já estava presente em pelo menos outros três casos de furto, sempre da mesma forma. Verificavam onde tinham quitinetes, o grupo batia nas portas e, onde não houvesse ninguém, eles usavam uma chave mestra para abrir e furtar o local. Inclusive, uma das vitimas verificou que as roupas e acessórios usados pela Fabrícia em uma foto eram delas", disse o delegado.


Mulheres esconderam rosto durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (20) (Foto: G1 AM)

Ádria e Fabrícia foram capturadas na quarta-feira (19) no bairro Compensa, Zona Oeste da capital. Fabrícia foi localizada em um táxi, enquanto tentava fugir para o município de Autazes, após saber da prisão de Ádria. Ainda segundo Mac Donald, um casal que auxiliava as suspeitas durante os furtos ainda não foi identificado.

A dupla foi indiciada por furto qualificado e associação criminosa. Elas serão encaminhadas ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

G1
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense