INTERIOR - Hidroviária de Maués, obra orçada em 7 milhões de reais em 2006, e nunca foi entregue ao município

Fotos: Alcinei Pimentel - FOLHA DE MAUÉS / BLITZ AMAZÔNICO


As obras de construção da estação hidroviária de Maués no interior do Amazonas foram iniciadas em março de 2006 que deveria ser entregue em outubro do mesmo ano não ocorreu. 

O valor da obra segundo a CONTROLADORIA GERAL E UNIÃO foi orçada em 7 milhões de reais, recursos que vieram do governo federal e ministérios do Transportes (DENIT), em parceria com a Prefeitura de Maués. 

A obra é dotada com estação de passageiros, atualmente, abandonada com infiltrações na estrutura e tomada pelo mato. Os vândalos arrancaram ferros do corre mão de proteção, sem falar que a parte elétrica está sendo depredada e roubada... A plataforma metálica parte recebeu asfaltamento. 

A CGU constatou supostas irregularidades e condenou a empresa ERAM a devolver 100 mil reais aos cofres da União. 

Solange de Oliveira, esposa do atual prefeito de Maués, Junior Leite foi condenada a devolver, o equivalente a R$ 533.026,48 aos cofres públicos do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT).















Fotos: Alcinei Pimentel - FOLHA DE MAUÉS / BLITZ AMAZÔNICO

Folha de Maués
Postagem Anterior Próxima Postagem