Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Sete medalhas, sendo três de ouro, três de prata e uma de bronze. Esse foi o saldo da Associação Barbosa de Lutas Esportivas (ABLE) no Campeonato Brasileiro de Judô – etapa Regional 1 -, realizado no ginásio de Marituba, em Belém (PA), neste fim de semana.

As medalhas de ouro do projeto social localizado no Prosamim do bairro da Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, foram conquistadas por Rafael Barbosa (Sênior, ligeiro), Carolynne Hernandez (Sênior, ligeiro) e Emerson de Souza (Sub-13, super ligeiro).

Uma das medalhas de prata da ABLE no Brasileiro Regional, no entanto, teve um peso olímpico no tatame. A supercampeã Rafaela Barbosa foi vice-campeã na disputa até 52 kg (meio leve) na final disputada contra a estrela piauiense Sarah Menezes, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, na época competindo no ligeiro (- 48 kg).

As outras duas pratas academia manauara foram conquistadas por Ana Queiroz, na classe Sub-13 Feminino, categoria pesado (+52 kg); e Ana Ferreira, no Sub-21 Feminino, meio pesado (- 78 kg).

Disputando no Sub-18 Masculino meio leve (- 60 kg), José Orlando Magalhães volta para casa com a medalha de bronze.

“Esses resultados são importantíssimos para o nosso projeto que trabalha prioritariamente com o resgate social de crianças, adolescentes e jovens do Prosamim da Cachoeirinha por meio do esporte e da educação. É uma conquista que motiva ainda mais todos os atletas, professores e familiares da ABLE”, disse o coordenador do projeto, mestre Antônio Barbosa.

Pontos no ranking
De acordo com a Confederação Brasileira de Judô (CBJ), em 2017 os Campeonatos Brasileiros Regionais registraram números recordes de atletas inscritos em relação aos quatro anos anteriores.  O crescimento atual é resultado da implantação do novo sistema de classificação para a seleção principal com a introdução do Ranking Nacional, tanto para as categorias de Base (Sub-18 e Sub-21) quanto para a equipe Sênior do Brasil. 

Levantamento feito pela Gestão Nacional de Eventos da CBJ mostra que a Região I foi a que registrou o maior crescimento em relação a 2013. Isso porque, além dos motivos acima citados, essa região recebeu mais dois estados - Amazonas e Roraima - que disputaram medalhas com Amapá (AP), Ceará (CE), Maranhão (MA), Pará (PA) e Piauí (PI). Em 2013, foram inscritos 392 atletas no Regional I, enquanto em 2017 a competição recebeu 777 judocas. 


Resultados da ABLE:

OURO:
Sênior MASC – ligeiro (- 60 kg) – Rafael Barbosa
Sênior FEM – ligeiro (- 48 kg) –  Carolynne Hernandez
Sub-13 MASC - super ligeiro (– 28 kg) - Emerson de Souza

PRATA:
Sênior FEM – meio leve (- 52 kg) - Rafaela Barbosa
Sub-13 FEM – pesado (+52 kg) - Ana Queiroz
Sub-21 FEM – meio pesado (- 78 kg) - Ana Ferreira

BRONZE:
Sub-18 MASC meio leve (- 60 kg) – José Orlando Magalhães
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense