Ketlen está invicta em sete vitórias profissionais de MMA e enfrenta a atual 13ª colocada do ranking do peso-galo feminino do Ultimate.



A lutadora amazonense da MPBJJ, filial da Nova União, Ketlen Vieira estreou no UFC em outubro do ano passado, com um triunfo por decisão dividida sobre Kelly Faszholz. Foi sua segunda vitória por pontos, após três finalizações e dois nocautes no circuito nacional.


Foto: Getty Images

MMA: A lutadora amazonense Ketlen Vieira, 25, fechou contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC) em junho de 2016, tornando-se a primeira mulher que representa o estado na franquia.

A atleta do Amazonas luta neste sábado (14), com a oponente Ashlee Evans-Smith, um desafio na carreira de Ketlen, que quer atingir voos mais altos no UFC.

A o ponente Ashlee Evans-Smith , de 29 anos, conta com um cartel de cinco vitórias e apenas uma derrota, incluindo dois triunfos seguidos no Ultimate. Encontra-se atualmente na 12ª posição no ranking do peso-galo feminino. É a primeira luta programada para este evento que será o primeiro torneio do UFC realizado em Kansas City, Missouri (EUA).


Foto: divulgação


Foto: divulgação

“A preparação para essa luta está sendo forte, pois estou aqui desde 6 de janeiro. Desta vez tive mais tempo para me preparar em relação à minha primeira luta no UFC. Tenho certeza que estarei melhor, porque aquele nervosismo da estreia já passou”, disse Ketlen Vieira ao Portal Blitz Amazônico

Sobre representar o Amazonas em uma competição tão importante, fora do Brasil, a atleta revela sua satisfação. "É o sonho de qualquer atleta de MMA entrar para o UFC, estou muito feliz, batalhei muito para chegar até aqui. Minha equipe me ajuda muito. O Amazonas é uma fábrica de campeões, disso podemos ter certeza e vou treinar bastante para não decepcionar o meu estado e o meu país.

Questionada sobre sua inspiração, ela cita Ronda Rousey. " Ela é meu grande espelho, mesmo sabendo que posso enfrenta-la em alguma luta, mas posso chegar lá e mostrar o meu melhor", disse a lutadora.


Ketlen "Fenômeno", como é conhecida, é faixa-preta de judô e marrom de jiu-jítsu, e defende a bandeira da equipe Nova União, a mesma de José Aldo.


Foto: divulgação

A manauara é a primeira mulher a representar o Amazonas no UFC. A atleta tem 25 anos, mora no bairro da Cidade Nova, Zona Norte da cidade. Ela viajou para o Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano, para realizar um “camp” com o mestre Dedé Pederneiras, líder da Nova União e um dos técnicos mais respeitados do meio da luta. Desde o início da carreira, ela tem sete vitórias e nenhuma derrota. Com 1,72 de altura, tem como objetivo se posicionar entre as grandes atletas do peso galo feminino (até 61 Kg).

"Essa é uma luta muito importante para mim, pois vencendo eu certamente estarei no ranking da categoria. Então estou muito focada para esse combate e vou dar o meu máximo. Com a Ashlee, vocês verão uma Ketlen mais agressiva", avisou.


Foto: divulgação

Em entrevista exclusiva à repórter Neidinha Maciel, a lutadora amazonense respondeu para o Portal Blitz Amazônico:


Confira o Ping-Pong


Blitz Amazônico: Você começou muito cedo na carreira. Com quantos anos você começou a lutar?

Ketlen Vieira: Eu comecei a treinar com 12 anos de idade, comecei no jiu-jítsu.

Blitz Amazônico: Geralmente as famílias têm ainda um certo preconceito contra mulheres que praticam esse tipo de esporte. A sua família apoiou desde o início?

Ketlen Vieira: Minha família nunca teve preconceito, sempre me apoiou, sempre esteve comigo em todas as minhas decisões.

Blitz Amazônico: A maioria dos lutadores tem um ícone que buscam levar como referência. Quem é a sua referência na luta?

Ketlen Vieira: Então, eu gosto muito da Ronda. Até migrei para MMA por conta dela, porque eu sou judoca e ela é judoca.

Blitz Amazônico: Como foi a sua estreia no UFC no Ultimate com vitória sobre a americana Kelly Faszholz?

Ketlen Vieira: Na minha estreia eu estava bastante nervosa, tinha um peso enorme nas minhas costas, pelo fato de ser a primeira amazonense, então eu estava bastante pressionada, mas graças a Deus deu tudo certo.

Blitz Amazônico: Você se dedica fielmente na sua preparação. Como é executada essa preparação?

Ketlen Vieira: A preparação é sempre em cima do adversário, a gente treina tudo o que o adversário faz na lura faz na luta e procura se preparar para esse desafio.

Blitz Amazônico: Todo atleta tem muitas dificuldades na sua preparação esportiva. Qual a sua maior dificuldade como lutadora?

Ketlen Vieira: Acho que a maior dificuldade até hoje são os patrocínios, a falta de apoio, acho que esse é a maior dificuldade de qualquer lutador, não poder bancar seu treinamento, bancar seu camp. As pessoas que estão de fora, não sabem o quanto de gasto temos no camp para se preparar para uma luta.

Blitz Amazônico: Com muita garra, foco e fé os atletas procuram sempre melhorias contínuas para chegar a um objetivo. O que mais motiva em você para correr atrás dos seus sonhos?

Ketlen Vieira: Então, lutar é o meu sonho desde criança. Sempre fui apaixonada por luta, e sempre sonhei em ser uma grande lutadora. Esse sonho me motiva.

Blitz Amazônico: Na hora da luta, tem toda uma concentração por parte do atleta, muitas coisas passam na cabeça. E você o pensa momentos antes de entrar no octógono?

Ketlen Vieira: Quando estou para entrar no octógono eu penso que o meu sonho está ali, que a minha adversária quer matar o meu sonho, mas não posso deixar isso acontecer.

Blitz Amazônico: Todo atleta precisa de uma assessoria para conseguir patrocínio para ajudar na alimentação, transporte, suplementos, plano de saúde, roupas esportivas e acessórios. Como funciona com você?

Ketlen Vieira: Eu não tenho assessoria, me viro sozinho, chego e pergunto se a pessoa quer patrocinar e se está interessada... É assim que funciona.

Blitz Amazônico: Ketlen, nós do Blitz agradecemos a você pela entrevista, e claro vamos estar na torcida por você. Obrigada!

Foto: divulgação

Determinada e bastante religiosa, Ketlen diz que vai entrar no octógono com a música gospel Efésios 5, de Anderson Freire.

Confira a Letra: Efésios 6 de Anderson Freire

Cristão, base falando,

Informe sua posição, câmbio

Estou de pé

Muitos foram abatidos no caminho

Há muitos inimigos!

Espera, já avisto o meu alvo! Câmbio

Positivo, prossiga a missão, câmbio


Tua palavra trouxe salvação, o discernimento

Imunidade para o meu coração

Ela me leva a outra dimensão

Pra combater o mal nas regiões celestiais

Por isso lutei até transpirar

Na guerra sem carne, sem sangue a derramar

Guardei os meus pé, o meu coração


Com a mente protegida estou

Segurando a espada na mão

Minha fé depositei no Senhor

Na batalha, eu ganhei proteção

Com a mente protegida estou

Segurando a espada na mão

Meu currículo é de campeão


Rei dos reis, na palavra estou de pé

Inabalável é minha fé

No dia mal, Senhor, te adorei

Te busquei quando li Efésios 6

Tua armadura usei

E com muita precisão me defendi e ataquei!

Igreja

(Glória a Deus!)

De quem é a vitória?

(É do povo de Deus!)

Igreja

(Glória a Deus!)

De quem é a vitória?

(É do povo de Deus)

Eu tenho o capacete da salvação!

(Eu tenho o capacete da salvação!)

À couraça da justiça no meu coração!

(À couraça da justiça no meu coração!)

Guardei os pés (na preparação) do evangelho

(Eu já tenho em minhas mãos)

Espada, escudo

Estou pronto pra lutar

Defesa, ataque

Não posso vacilar

A porta do inferno nunca prevalecerá

Contra a igreja que não para de orar.

Confira no vídeo de uma das lutas da atleta Ketlen Vieira


Reportagem: Neidinha Maciel - Blitz Amazônico
Postagem Anterior Próxima Postagem
O Amazonense