O estádio da Colina conheceu neste último sábado, dia 25, o vencedor da Copa dos Campeões Cidade de Manaus. 

Fotos: Antônio Lima /Sejel

A competição amadora terminou com o título da equipe Seven Gil 7, representante do bairro Parque 10, ao vencer nos pênaltis o Itália Manaus, por 3 a 2. A competição organizada pela Liga Regional Desportiva da Amazônia (Lirdam), recebeu apoio do Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Durante os três meses de disputa, mais de 20 times participantes se enfrentaram nos diversos campos de barro da capital. A final no estádio da Colina acabou motivando as equipes a realizarem uma grande disputa, vencida com muito suor pela equipe Seven Gil 7, depois de um 0 a 0 no tempo normal.


“Quero agradecer a Lirdam e a Sejel por apoiarem esse campeonato tão importante para os times dos bairros de Manaus, e assim ajudar a revelar novos talentos”, disse o treinador do time campeão, Gil, bastante emocionado.

“Poucas pessoas acreditavam nesse grupo. Foi uma semana que muita gente criticou a Seven. Nos disputamos três campeonatos e em todos eles fomos para a final, saindo com o vice-campeonato em dois. Esse título é para aquelas pessoas que só sabem criticar o nosso trabalho, para aqueles jogadores que deixaram a Seven e foram para outras equipes e para a todos que apoiaram a gente”, disse.


Autor do gol de pênalti que deu o título a equipe do Parque 10, o volante Caique Lima destacou a meta cumprida por todos do time. “É importante ajudar a equipe nesse trabalho que estamos tendo desde o começo do ano. É muito importante para mim e para todos poder dar o que ele (Gil, técnico) tanto queria”, comemorou.

Para o treinador do Itália Manaus, Luciano Berredo, o título escapou das mãos da equipe por conta da falta de gols. “Faltou fazermos os gols. Dominamos no primeiro e segundo tempo, só deu a gente no jogo todo. Eles perderam um jogador e fomos para cima. Erramos os gols e eles foram mais competentes nos pênaltis. Mas é futebol. Agradeço a Sejel por permitir que esses garotos joguem em um estádio como a Colina. Muito deles nem dormiram de tanta expectativa de jogar aqui”, declarou.


Valorização do futebol amador

De acordo com o presidente da Lirdam, Junior Mendes, a oportunidade de realizar a final da competição amadora em um dos mais importantes estádios do Amazonas vai incentivar a nova safra de jogadores.

“É muito gratificante poder realizar a final da competição em um estádio como a Colina. Durante três meses organizamos as disputas pelos bairros de Manaus, sempre jogando nos campos de barro. Foram três meses assim, e agora estamos muito felizes porque esses jovens conseguiram realizar o sonho de ser campeão em um grande estádio. Isso é a valorização do futebol amador, além de fazer com que mais jogadores possam ser descobertos para o futebol amazonense. Ano passado realizamos aqui na Colina a final da 1ª Copa Interbairros Sub-17 e tivemos jogadores que foram jogar nas equipes do futebol local. Então, oportunidade como essa mostra que realmente vale a pena”, comentou o presidente.

Reconhecimento

O representante da Sejel, o administrador do estádio da Colina, Jose Ribamar, recebeu das mãos do presidente da Lirdam o troféu de agradecimento e incentivo ao futebol amador.

“A Sejel abre os estádios para o futebol amador. Os jogos de competições amadoras ocorrendo em estádios como a Colina, o Zamith e até mesmo a Arena da Amazônia, valoriza e incentiva a descobrirmos novos talentos. É uma preocupação do secretário Fabricio Lima que busca incentivar e mudar a cara do futebol do Amazonas”, frisou Ribamar, que representou o titular da pasta.

Post a Comment