Polícia Civil cumpre mandado de prisão e apura transgressões identificadas durante operação na zona Centro-Oeste



A Polícia Civil do Amazonas, com o intuito de inibir a criminalidade em bairros situados na zona Centro-Oeste da capital, deflagrou na última sexta-feira e sábado, dias 24 e 25 de março, respectivamente, em parceria com policiais militares lotados no Comando de Policiamento de Área (CPA) Centro-Oeste, a operação “Imperador”, que resultou em um cumprimento de mandado de prisão por homicídio e assinatura de dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), sendo um por posse de drogas para consumo pessoal e o outro por dano.

De acordo com o delegado Geraldo Eloi, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), os trabalhos tiveram por objetivo garantir a segurança dos moradores daquela região da capital, em atendimento à determinação feita pelo secretário da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Sérgio Fontes. “Pretendemos, a partir dessas ações, reduzir as ocorrências de roubos em determinados bairros da zona Centro-Oeste, além de reprimir o tráfico de drogas nesses locais”, declarou.

No sábado, dia 25, os trabalhos em torno da operação “Imperador” foram iniciados às 16h30, sob o comando do delegado Danilo Bacarin, titular do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Policiais civis que atuam no Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), 5ª Seccional Centro-Sul, Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), 10º, 12º, 16º, 17º, 22º e 23º Distritos Integrados de Polícia (DIPs) percorreram as principais vias e becos dos bairros Alvorada, Dom Pedro e Redenção, onde realizaram revistas a pedestres e consultaram placas de veículos encontrados em situação suspeita.

Durante uma das incursões realizadas no beco São Luís, no bairro Dom Pedro, as equipes policiais encontraram, em posse do ajudante de pedreiro Jailson de Souza dos Santos, 25, sete trouxinhas de substância ilícita com aspecto de cocaína. O rapaz foi conduzido ao 10º DIP, onde assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de entorpecentes. Após prestar esclarecimentos será liberado.

No momento em que Jailson estava sendo conduzido ao prédio da delegacia os policiais civis presenciaram uma discussão em uma via no bairro Lírio do Vale e foram verificar o que havia acontecido. No local tiveram conhecimento de que um homem, visivelmente alterado, teria quebrado o vidro da porta de um transporte coletivo, após o motorista do veículo que ele estava aguardando não ter parado no ponto de ônibus. O fato ocorreu por volta das 21h. O infrator de 39 anos foi levado, também, ao prédio do 10º DIP, onde assinou TCO por dano e em seguida deixou a unidade policial.

Danilo Bacarin ressaltou que as operações devem continuar ao longo da semana. “Identificamos que muitos delitos que ocorrem no bairro Dom Pedro não são praticados por pessoas que residem no local ou nas redondezas. Por isso, vamos manter esse trabalho preventivo até saturarmos essa região”, assegurou.

Simultaneamente aos trabalhos desempenhados pelas equipes da Polícia Civil, policiais militares do CPA Centro-Oeste realizam barreiras itinerantes em locais estratégicos daquela região. Depois das 20h, deram início a abordagens e revistas aos passageiros de transportes coletivos que trafegavam pela área, como parte de medidas preventivas contra roubos e furtos no interior desses veículos. 

Moradora há mais de 30 anos da Rua Francisco Orellana, no bairro Dom Pedro, uma idosa de 60 anos elogiou a atuação das polícias nas ruas. Segundo a mulher, que preferiu não ter a identidade revelada temendo represálias por parte de transgressores que residem naquela área, a presença dos servidores da Segurança Pública no local inibe ações criminosas. “Nós nos sentimos mais seguros. É uma sensação maravilhosa! Espero que a polícia esteja sempre por aqui”, argumentou. 

Foragido da Justiça

Na última sexta-feira, dia 24, no primeiro dia de atividades da operação “Imperador”, iniciadas às 16h, policiais civis prenderam no bairro Alvorada o foragido da Justiça Nilton Gama de Almeida, 20, que responde por homicídio. O fato ocorreu em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 24 de maio de 2016, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri. O indivíduo foi encaminhado ao 10º DIP, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Ao término dos trâmites legais foi levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CPDM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

A moto do infrator, da montadora Honda, modelo Titan, de cor preta e placa JXV-8129, foi apreendida. Em consulta feita ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) foi constatado que não havia restrição de roubo, mas os policiais foram informados que o veículo era utilizado pelo infrator para coletar dinheiro oriundo do tráfico de drogas naquela área.

Sob o comando dos delegados Geraldo Eloi, Abrahão Serruya e Miguel Ribeiro, respectivamente diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), titular da 6ª Seccional Centro-Oeste e titular do 17º DIP, os trabalhos iniciaram com incursões nos becos Santo André, São Luís, Santa Ana, Santa Terezinha, Luz e Vida, localizados nos bairros Alvorada e Dom Pedro; Padre Pinto e das Flores, no bairro Redenção, com abordagens a suspeitos, verificação de mandados de prisão e consultas a placas de motocicletas e carros.

A iniciativa, segundo o diretor do DPM, faz parte de medidas adotadas pelo secretário da SSP-AM em combate a ações criminosas na capital. “O secretário Sérgio Fontes e os gestores dos órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública do Estado estão acompanhando as necessidades da população e procurando promover ações para inibir a criminalidade”, disse Eloi.

Participaram da operação “Imperador” na última sexta-feira, dia 24, policiais civis do Grupo Fera, 6ª Seccional Centro-Oeste, 4ª Seccional Oeste, 3ª Seccional Leste, 1ª Seccional Sul, DPM; Comissão de Capacitação, Treinamento e Desenvolvimento (CCTD) da Polícia Civil do Estado; 5º, 10 º e 17º DIPs, além de policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), coordenados pelo tenente Manfredo, com a realização de barreiras, abordagens a passageiros de ônibus, condutores de carros e motocicletas.
Postagem Anterior Próxima Postagem